No dia 27 de agosto é comemorado, o Dia Nacional do Psicólogo. Data em que a profissão foi regulamentada no ano de 1964, através da Lei 4.119/64, no governo João Goulart. A presença e atuação de profissionais da psicologia é importante e rica nas mais diversas áreas. No trabalho em escolas, em empresas e corporações, em hospitais, em pesquisa, no esporte, na educação, na área jurídica e militar.

Foi apenas no século XVI que apareceu pela primeira vez o termo psicologia, quando o humanista croata Marco Marulik publica – A psicologia do pensamento humano. A palavra psicologia vem do grego: psique (alma) + logos (estudo). Ou seja, a psicologia estuda a alma humana. Durante toda sua história, o homem buscou respostas para questões existenciais. A filosofia sempre se ocupou desta procura por respostas. Mas estas questões, por mais humanas que fossem, diziam respeito ao conjunto da sociedade, à humanidade como um todo. Por outro lado, a psicologia buscava não uma definição do homem enquanto ser coletivo, mas sim do homem indivíduo, de suas angústias, suas inquietações. Apesar de muitos filósofos e pensadores terem se ocupado da mente humana em seus estudos. Ainda assim, um conceito de psicologia, tal como conhecemos hoje, só veio surgir no século XIX, através das formulações de Wilhelm Wundt que, em 1879, criou o primeiro laboratório de psicologia, em Leipzig , na Alemanha. Suas ideias, porém, estavam ainda muito atreladas a conceitos fisiológicos, por isso, não avançaram muito.

A carreira em Psicologia

O psicólogo atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças mentais, de personalidade ou distúrbios emocionais. Esse profissional estuda o comportamento humano por meio da análise de suas ideias, valores e emoções. Ele procura identificar padrões de comportamento através da observação e interação direta com os pacientes.

Ciclo de Palestras

No mês de Agosto tivemos o privilégio de contar com a presença do Segundo-Sargento Renan Almeida que com sua dedicação, comprometimento e competência técnico-profissional proferiu palestras para os militares do Centro de Tecnologia da Informação da Marinha a respeito dos seguintes temas: Depressão e Prevenção do Suicídio, Codependência e Abuso Emocional e Inteligência Emocional e Controle da Ansiedade.

O Sargento Renan Almeida é Psicólogo clínico e neurocientista. Terapeuta Cognitivo comportamental, Hipnoterapeuta e Trainer em Programação Neurolinguística. É filiado internacional na American Psychological Association (registro: 32621565) e membro da Society of Psychological Hypnosis. Trabalha como psicólogo clínico tratando transtornos de ansiedade e dificuldades de aprendizagem. Utiliza na prática clínica a Terapia Cognitivo-comportamental associada a técnicas como Hipnose, Coerência Cardíaca, Emotional Freedom Techniques e Atenção Plena (Mindfulness). Atua como docente e palestrante nas áreas de neurociências, psicologia da segurança do trabalho, hipnoterapia e neuroeducação, responsável por cursos de formação em Hipnose, Terapia Cognitivo-comportamental e Programação Neurolinguística, além disso, é escrito do livro Hipnose: Aplicações Práticas

Militares do Centro de Tecnologia da Informação da Marinha. Palestra proferida pelo 2ºSG-PD Almeida.

Militares do Centro de Tecnologia da Informação da Marinha.
Palestra proferida pelo 2ºSG-PD Almeida.

Comentários

comentários

Categoria

Notícias

Deixe uma resposta