Imagine uma praia praticamente secreta, com uma espécie de piscina natural, a menos de 50km do Centro do Rio? Ou uma cachoeira emoldurada pela Mata Atlântica, em meio a movimentação intensa da grande Tijuca? Muitas pessoas aproveitam as férias para viajar e fugir do estresse do dia a dia, mas nem sempre é preciso sair dos limites da cidade para curtir um momento agradável e tranquilo diante da natureza. No Rio, existem alguns pequenos paraísos secretos e pouco explorados pelos moradores da cidade, que podem ser uma boa opção de passeio para esse começo de ano. Conheça alguns deles:

1Praia do Secreto – Recreio dos Bandeirantes

Quem passa pela Estrada do Pontal pode não imaginar que, a poucos metros dali, existe um pequeno pedaço de paraíso. Localizada entre a Praia da Macumba e a Prainha, no Recreio, Secreto é uma pequena piscina natural de difícil acesso que, como o nome sugere, é pouco conhecida até mesmo para os moradores da região. Para chegar até ela, é preciso andar pelas pedras a partir da Praia da Macumba ou subir pela estrada que liga Macumba e Prainha, e descer pela trilha de terra e pedra, que é bastante íngreme. O esforço recompensa, mas é preciso ficar atento às marés: as muito altas ou muito baixas fazem com que a piscina desapareça.

Parque Estadual do Grajaú – Grajaú3

O Parque Estadual do Grajaú está localizado no bairro de mesmo nome e estende-se sobre a encosta nordeste da Serra dos Três Rios até os limites do Parque Nacional da Tijuca, seu vizinho mais famoso. É um ótimo passeio para quem gosta de aventura e escalada, e tem como marco a Pedra do Andaraí, com altitude de 444 metros. Dentro do parque também está localizada a cachoeira da Mãe D’Água, cujo acesso é feito através de uma caminhada de 20 minutos partindo do final da Rua Marianópolis.

4Praia do Perigoso – Guaratiba

De perigosa, a praia só tem o nome. O paraíso da foto acima fica localizado em Guaratiba, na zona oeste do Rio, e é tranquilo e quase deserto, frequentado principalmente por surfistas. Quem se animar a conhecer a praia deve ir de carro ou ônibus até Barra de Guaratiba, e descer na estação Ilha de Guaratiba do BRT. De lá, é preciso subir a trilha pela Rua Parlon Siqueira, na Praia do Canto. São cerca de 1,5Km de caminhada na floresta, que demora mais ou menos 40 minutos. É importante levar tudo aquilo que quiser consumir, pois no local não há a circulação de ambulantes.

5Parque Estadual da Pedra Branca – Jacarepaguá

O Parque Estadual da Água Branca é o maior parque natural urbano do mundo, com área de 12.500 hectares, e se estende de Guaratiba até Sulacap, passando pelos bairros de Vargem Grande, Camorim, Jacarepaguá e Campo Grande. Nos núcleos da Taquara e do Camorim, em Jacarepaguá, estão concentrados alguns de seus principais atrativos, como o Circuito das Águas, um complexo com cachoeiras, açude e represas. O tempo médio da caminhada do passeio é de 20 minutos, numa extensão de 250 m e com baixo nível de dificuldade. O parque está aberto diariamente, das 8h às 17h e o acesso é feito pela Estrada do Pau-da-Fome.

6Mirante do Dona Marta – Botafogo

Uma vista de tirar o fôlêgo para alguns dos principais cartões postais da cidade: esse é o principal atrativo do Mirante Dona Marta. Dele, é possível ver o Pão de Açúcar, o Maracanã e a Lagoa Rodrigo de Freitas. Para chegar lá, é preciso ir de carro até a Estrada das Paineiras e seguir as placas indicativas. Procure ir acompanhado e em finais de semana, quando o local é mais movimentado.

Comentários

comentários

Categoria

Notícias

Deixe uma resposta