CRASInvestindo no fortalecimento de vínculo com famílias da comunidade local, o Centro de Referencia de Assistência Social (Cras) Galo Branco, em São Gonçalo, realiza atividades com crianças, adolescente e idosos. Na tarde desta quarta-feira (17) a secretária de Desenvolvimento Social, Evangelina Andrade, esteve no Cras para acompanhar uma oficina de contação de história para as crianças. A unidade realiza cerca de mil atendimentos por mês.

“Essas atividades são estratégias da equipe do CRAS para fortalecer os vínculos familiares da comunidade atendida e cadastrada em situação de vulnerabilidade social. Ações como está são fundamentais para o nosso trabalho, uma vez que fortalecem esse núcleo familiar. Por isso, tentamos oferecer não só para as crianças, mas também para os adultos e os idosos, atividades e outras ações que nem sempre eles têm em casa”, declarou a secretária.

A contação de história e a oficina ficaram por conta da professora de teatro e atriz Juliana Ibraim. Com o tema Sustentabilidade Ambiental, o evento teve como
objetivo estimular o desenvolvimento das potencialidades artísticas das crianças no âmbito musical e cênico.

Nas unidades a população pode realizar inclusão e atualização no Cadastro Único
(CADÚnico), no Bolsa Família, ter acesso ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV), além de participar de cursos gratuitos. O objetivo do CRAS é realizar um trabalho social com as famílias, visando o fortalecimento de vínculos e das ações de proteção para que todos tenham seus direitos garantidos e melhor qualidade.

De acordo com o coordenador da unidade, Wagner Bispo, no CRAS as pessoas recebem orientações sobre programas sociais, encaminhamentos, acompanhamentos, além da criação de grupos de serviço de convivência e fortalecimento de vínculos com crianças, adolescentes, idosos e intergeracionais (grupo especifico para os beneficiados do Bolsa Família).

Moradora do bairro, Marcela Barcelos de Castro, de 34 anos, levou os gêmeos Enzo e Evertom, de 6 anos, para participarem da oficina e da contação de história.

As atividades desenvolvidas aqui no CRAS são extremamente importante não só para mim, mas como para todas as famílias da comunidade. Eu participo da ginástica oferecida aqui na unidade e meus filhos participam das oficinas. É uma ótima oportunidade para as crianças, pois elas frequentam a escola pela manhã e na parte da tarde participam das atividades que é melhor do que elas ficarem na rua, declarou .

Comentários

comentários

Deixe uma resposta