6O candidato do PSL à Presidência do Brasil foi retirado por seguranças de um local onde fazia campanha na cidade de Juiz de Fora, na rua Halfeld, no centro da cidade, em Minas Gerais. Segunda a Polícia Militar, Jair Bolsonaro foi atingido por uma facada. Segundo um policial e um assessor de Bolsonaro, o suspeito de ter dado a facada foi detido. O candidato foi retirado do local em um carro da Polícia Federal, mas as circunstâncias do ocorrido ainda estão sendo apuradas.

Alguns vídeos no Twitter mostram o exato momento do ataque ao candidato, onde ele faz uma expressão de dor, e depois é carregado pela multidão. A Polícia Militar de Minas Gerais disse que o presidenciável foi atingido no tórax. O filho do candidato, Flávio Bolsonaro, afirmou em sua conta do twitter que seu pai sofreu apenas um ferimento superficial e que passa bem. O homem preso em flagrante foi levado para a superintendência da Polícia Federal de Juiz de Fora para prestar esclarecimentos.

Uso de colete à prova de balas2

No dia 22 do mês passado a UOL flagrou o candidato usando um colete à prova de balas e cercado por seguranças. Depois disso, o candidato ainda foi visto usando o colete em mais duas ocasiões, em Rondônia e no Acre.

O próprio candidato já foi questionado sobre a preocupação com a segurança e disse que segue as instruções de seus seguranças: “Obedeço e acima de tudo não revelo o que acontece no tocante à minha insegurança, pela minha segurança”.

O suspeito3

O homem detido, suspeito de ter dado a facada em Jair Bolsonaro, se chama Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. Agentes da Polícia Federal que eram responsáveis pela segurança do presidenciável, teriam impedido o suspeito de fugir e o prendido.

Comentários

comentários

Categoria

Notícias

Deixe uma resposta