Detalhes

No dia 1 de março, em Assembleia no campus Maracanã, os professores da UERJ decidiram entrar em greve. Dos 477 professores presentes, 450 votaram a favor da paralisação, que começou no dia 7 de março. Os professores reivindicam reajuste salarial, dedicação exclusiva na aposentadoria, e deliberam estratégias de defesa dos direitos trabalhistas. Além de discutir sobre o atraso da bolsa de estudos dos alunos.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta