11111“A música é o instrumento educacional mais potente do que qualquer outro”. A frase é de Platão, um dos maiores pensadores da História. E ele estava certo: a educação musical estimula áreas do cérebro e desenvolve habilidades importantes, como a coordenação motora, a concentração e a socialização.

Se você já toca algum instrumento musical, deve saber do que estamos falando. Se ainda não, está na hora de começar! Aprender música aguça a percepção e desenvolve o raciocínio, mas não é só isso… a música também ensina autodisciplina, paciência e sensibilidade.
Todos precisamos de uma válvula de escape, algo que nos ajude a expressar 1111nossas emoções, sentimentos e vontades. A música proporciona essa liberdade e isto ajuda a vida a ser mais leve. Daí a importância do aprendizado musical para crianças e adolescentes. Quando trabalhada desde a infância, a música faz com que a criança adquira uma maior facilidade para o entendimento de outras áreas do conhecimento, recebendo normalmente notas mais altas na escola. Além disso, a criança adquire uma estrutura emocional e psicológica que lhe fornecerá bases para uma vida mais saudável. Já é comprovado cientificamente que o estudo musical desde a infância contribui, e muito, para o desenvolvimento psicológico e social da criança, além de facilitar a percepção musical quando maior.

Outro grande benefício que a música proporciona é o espírito de equipe. Criança gosta de criança, por isso é importante que os pais busquem por escolas que estimulem o trabalho em grupo, seja no teatro , no esporte ou na música. Para que uma orquestra , um dueto, um time ou um elenco teatral tenha sucesso, todos os participantes têm que trabalhar em conjunto, respeitando o ritmo de cada um, ajudando o outro e pedindo ajuda quando necessário.

Hoje em dia, saber trabalhar em equipe é algo muito valorizado pelas empresas e organizações. Dificilmente fazemos música sozinhos. O estudo pode ser individual, mas a prática provavelmente será realizada em grupo.
A interação entre músicos é muito forte e a troca de informações é constante, por isso a música é uma boa maneira de melhorar o convívio social.

A música também trabalha o respeito, a memória e a persistência da criança. De acordo com uma professora de canto , dedicação e talento são as palavras-chave para se cantar bem . Dentro do aspecto dedicação, uma grande parte está relacionada ao tempo gasto com as aulas , então é claro que começar cedo ajuda muito, até pelo fato de que nesse período a criança tem mais facilidade para o aprendizado.

11Agora que você já entendeu a importância da música para o aprendizado infantil, deve estar se perguntando: onde meu filho pode aprender a cantar ou a tocar um instrumento musical? A dica é procurar sempre por escolas idôneas, para que haja um estudo das formas corretas, com embasamento teórico e que coloque a criança no caminho musical correto.

Faça uma pesquisa na Internet e busque indicações de amigos e conhecidos. Procure conhecer a história e a trajetória da escola ou do profissional de música antes de matricular o seu filho. E mesmo depois que ele já estiver assistindo as aulas, acompanhe o seu desenvolvimento, conversando com o professor e assistindo aos exercícios que ele realizar em casa.

Os governos pouco contribuem no ensino musical nas escolas. Eu sou defensor do ensino de canto coral para todas as crianças! O aluno, depois de musicalizado vocalmente, terá mais segurança em escolher o instrumento que mais lhe agradar.
O trabalho vocal tem sido um dos meios que muitos professores encontraram para inserir uma atividade musical no contexto escolar. Há muitas práticas corais envolvendo percussões corporais, que facilitam o trabalho nas questões financeiras e ajudam no desenvolvimento musical.

texto escrito por: Antonio Souto 

Foto: internet 

Comentários

comentários

Deixe uma resposta