1Um serviço pioneiro tem mudado a realidade de pessoas com deficiência e em situação de dependência familiar em São
Gonçalo. Dirigida pela secretaria de Desenvolvimento Social, o programa “Residência Inclusiva” é um serviço de
acolhimento institucional, da Proteção Social Especial de Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social, para  jovens e adultos com idades entre 18 e 60 anos, que não disponham de condições de autossustentabilidade ou de amparo familiar. A casa instalada no bairro Jardim Catarina funciona 24 horas por dia, ininterruptamente, e atende sete usuários.

“Essa instituição é voltada para o acolhimento das pessoas com deficiência que não tem referencia familiar. A residência inclusiva dispõe de equipe especializada e metodologia adequada para prestar atendimento personalizado e qualificado, proporcionando todo cuidado e atenção às necessidades individuais e coletivas de cada usuário”, garantiu a subsecretária de Proteção Social e Especial, Maria de Fátima.

A unidade tem capacidade para atender até 10 pessoas, e conta com uma equipe técnica especializada formada por 10 cuidadores, coordenador, assistente social, psicólogo e terapeuta ocupacional. Todos os profissionais são capacitados para atender com excelência os usuários. Além desses serviços, os residentes participam duas vezes por semana de oficinas de música e artesanato, além de acompanhamento médico e odontológico.

Os sete usuários têm histórias de vida diferentes, porém, se enquadram dentro do programa da assistência social. A casa tem a aparência de uma residência comum, sem placa ou indicativo de que ali funciona um serviço de acolhimento. A unidade é montada com estrutura funcional de dormitórios, banheiros, sala de estar, cozinha, móveis, utensílios e equipamentos.

A residência inclusiva se destina prioritariamente àqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que não possuem condições de se sustentar e/ou que estejam em processo de desinstitucionalização de centros de longa permanência.

 

Comentários

comentários

Categoria

Notícias

Deixe uma resposta